Este post é especificamente para o pessoal que ao ver as resenhas da série “Livros que não são o que parecem” acham que estou dizendo que só os livros da IURD são de Deus. Quem acha que eu penso assim, nunca leu meus textos. Já escrevi resenhas positivas de livros cristãos que não são da IURD e de livros não cristãos, de entretenimento ou de autoajuda. E muitos não-cristãos estão por vir.

Não acho que as pessoas devam limitar suas leituras aos livros cristãos, pois é milhões de vezes melhor que seu entretenimento seja leitura do que televisão e internet. No entanto, não posso deixar de concordar com quem decide limitar sua leitura espiritual aos livros da Unipro e vou explicar o porquê.

Eu sei como a Unipro faz a seleção dos livros que serão publicados, é beeem diferente das outras editoras. As outras têm foco apenas em vender, a Unipro se preocupa principalmente com o conteúdo, por isso coloco a mão no fogo pelos livros da IURD, sim, eu SEI o Espírito que está ali. Não entra doutrina estranha, não é qualquer um que publica livros, enfim. Já sobre as outras denominações, eu não posso garantir, porque elas publicam por várias editoras que eu sei que não têm critério.

Então, se a pessoa que é da IURD quer ler só os livros da IURD para edificação, ela em esse direito, e está certa, já que se não se sente segura em separar o joio do trigo, o certo é mesmo proteger sua fé. Eu apoio mesmo, porque pelo menos sei que não vai encontrar um espírito enganador. Isso eu posso garantir, não porque eu ache que o Espírito Santo só está na IURD, mas porque conheço o sistema de trabalho da Unipro.