Por vários e vários dias as reuniões da igreja tiveram um foco semelhante: a atenção que você dá a seus problemas tem sido maior do que a atenção que você dá a Deus? Você vai dizer que não, eu também disse. E Deus continuou batendo nessa tecla, não apenas nos cultos, mas em minha leitura diária da Bíblia, enquanto eu continuava achando que estava colocando Deus em primeiro lugar. Realmente estava, mas então me distraía e…lá estava eu pensando em problemas.

Deixe eu explicar uma coisa: os problemas existem. Óbvio que eles existem, você os vê, eles estão ali. Mas e Deus? Ele não existe? Você não o vê, mas você vê as atitudes dele em sua vida, não vê? (Se não vê, então alguma coisa está errada em seu relacionamento com Ele…e posso te garantir que o erro está em você, e não nele) Você sabe das promessas que Ele fez, sabe que Ele é fiel para cumprir…então por quê age como se o problema fosse concreto e Deus fosse abstrato? “Ah, mas com o problema eu é que tenho que lidar”…e Deus serve para quê? Nem para figura decorativa, já que você não pode pendurá-lo na parede de casa.  Meu amigo, se Deus não pode agir na sua vida, se você não dá licença para que Ele tome a direção, sinto muito, mas você está perdendo tempo. Está na igreja se fazendo de crente, cantando no louvor, fazendo caretinhas de santidade, mas isso tudo é vazio se Deus não age em sua vida. E Deus não deixa de agir em nossa vida por querer, Deus quer nos ajudar, Ele quer lutar nossas batalhas, ele quer ser Deus, ora bolas!

Se em sua vida você anda atormentado,torturado, angustiado é porque está faltando Deus. Desculpe falar assim, sem uma preparaçãozinha psicológica do tipo “hum…sabe sua vida cristã? Pois é, ela subiu no telhado…” Encare as coisas, meu amigo: ou Deus é presente em sua vida ou não é! E se você anda torturado e atormentado é porque Deus não está presente, não procure desculpas esfarrapadas, pois somente quando você encarar os fatos poderá se deixar quebrar e ser feito de novo, como Ele quer. A menos que você esteja satisfeito com uma vida religiosa que não te traz nada, nem mesmo a paz de espírito. E me desculpe, mas Deus não diz em lugar nenhum que nós devemos nos acomodar com uma vida derrotada, de tormento, de angústia e desespero. Pelo contrário, MUITO pelo contrário!

Então eu estava achando que finalmente havia aprendido a entregar tudo para Deus e que não estava me preocupando com os problemas…o mais engraçado é que eu dava desculpas a mim mesma para pegar os problemas de volta, das mãos de Deus, e tentar lidar com eles. Eu dizia que já que tinha de fazer a minha parte, era meu esforço, era o que Deus esperava de mim. Agora peraí, parte desse raciocínio equivocado tem uma base correta, e é isso o que acaba nos levando de volta ao caos sem que percebamos. Uma moça me disse certa vez: “Eu entrego as coisas nas mãos de Deus, mas vou resolvendo antes que venha a resposta, me adianto para não demorar”…hein? Então quer dizer que você sabe melhor do que Deus o que tem de ser feito e quando tem de ser feito? Então você não entregou nada nas mãos dele, você simplesmente o comunicou do que estava acontecendo e disse: “tudo bem, Deus,deixa comigo que eu me viro”. Então Ele deixa, ué, Ele deixa o povo andar na teimosia de seu coração e nos diz: “Siga seus próprios conselhos!” Tipo “já que você sabe tanto o que é o mais certo ou não, faz o que acha que tem de fazer”.

É ÓBVIO que devemos fazer a nossa parte. Mas você sabe qual é a sua parte? Eu vou dizer: a sua parte, antes de mais nada, é saber que Deus não é um vapor, Deus é um indivíduo, é uma pessoa (uma pessoa multidimensional, mas uma pessoa), você não o vê porque seus olhos não são preparados para ver nada que tenha mais do que três dimensões. O fato de você não vê-lo não significa que ele não seja real, que ele não seja concreto. Ele age, Ele é o único que realmente pode agir em todas as dimensões dos seus problemas. A partir do momento em que você sabe que Ele é um indivíduo com todo o poder sobre todas as dimensões de nosso universo, você deve entregar a Ele o problema pelo qual você está passando. A Ele e APENAS a Ele. Esqueça os “intermediários”. Não existe intermediário, é você e Deus. Se você dividir seu problema, entregando parte a Deus, parte ao São fulano, parte a Santa fulaninha, não vai funcionar, pois Ele não aceita isso (não reclame comigo, reclame com Ele, não fui eu quem escreveu a Bíblia), é Ele e ponto final.

Converse com Ele, entregue o problema a Ele, como se entregasse a uma Autoridade, pois Ele é a maior Autoridade que existe, Ele tem toda a autoridade. Depois de ter certeza de que seu problema está nas mãos dele, entregue sua vida inteira a Ele, seu coração, sua mente, suas vontades, seu futuro, seu presente, seu passado, tudo o que você quer ser, tudo o que você é, tudo o que você tem e tudo o que você quer ter. Aqui eu faço uma pausa porque estou vendo um crente olhando para o lado. É contigo mesmo, meu amigo, não estou falando aqui apenas com quem não conhece Deus, mas com você mesmo. Se você tem mais informações a respeito da Bíblia do que muita gente, não me importa, sinceramente, porque se você realmente conhecesse a Deus, tivesse vida com Ele, não estaria atormentado, ansioso, deprimido. Então faça essa oração, como se não o conhecesse, porque Ele tem muito mais alegria em ver alguém que está realmente interessado em obedecê-lo e serví-lo, com humildade verdadeira, do que em ver um religioso que se orgulha de sua humildade dizendo “não, eu não preciso fazer nada disso”. Eu estou escrevendo para quem quer uma vida com Deus, um encontro com Deus, um compromisso com Ele, independente do tempo de igreja que você tenha ou deixe de ter.

Depois de se entregar de corpo e alma a Deus, assuma que você não estava conseguindo fazer nada sozinho e peça a Ele ajuda para seguir seu caminho. Peça a Ele para te guiar, para te orientar, para afastar do seu caminho o mal, peça a Ele que te mostre para onde ir, o que fazer e que te dê a direção. Ele sabe por onde você deve ir, depois dessa oração, você pode ficar tranquilo, SABENDO que está tudo nas mãos de Deus – agora sim – e que Ele vai te dirigir os passos, vai colocar em seu caminho as coisas que você precisa aprender, vai te ajudar a entender, e você finalmente conseguirá sair do lugar. Não é uma mágica, você simplesmente estará mostrando a Ele que tem interesse genuíno em conhecê-lo de verdade, não apenas de ouvir falar, não quer apenas ter informações a respeito dele. Você quer saber quem Ele é, como Ele age, como Ele pensa, assim como eu escrevi no texto anterior. Esse é apenas o primeiro passo. E sempre que aquele problema que você não consegue resolver vier à sua cabeça para te atormentar, pare onde você estiver e entregue o pensamento a Deus. Entregue quantas vezes for necessário, até que o tormento passará, pois você terá plena confiança de que Ele está no comando daquela situação. E fique atento, porque Ele falará contigo. Não feche seu coração para o que Ele tem a te dizer e a te mostrar, porque, como eu disse, esse é apenas o começo.

Então, continuando, eu já faço isso há algum tempo, mas como não havia colocado TUDO nas mãos dele (algumas áreas do meu coração eu realmente não entreguei, pois resisti, principalmente no temperamento), isso prejudicou a comunicação e Ele teve de criar uns atalhos que certamente não queria, para que eu percebesse que faltava entregar e pudesse fazer a escolha consciente de colocar toda a minha vida nas mãos dEle. Mas a gente tem de manter a vigilância. Porque, como eu estava dizendo no início do texto, comecei a tomar os problemas de volta e tentar pensar em cima deles, ao invés de fazer o que realmente funciona: colocar o pensamento na Palavra de Deus, nas promessas dele, entregar os problemas e ir para a luta, sabendo que já sou mais do que vencedora.

Então meu esposo me deu o golpe certeiro, ele disse: “Vanessa, você está olhando para o problema, está dando atenção para os aspectos negativos de cada situação ao invés de olhar para o que Deus já disse que irá fazer, para a vitória que Ele já te deu”. Nesse mesmo momento voltaram à minha mente todas as palavras que Deus me disse nas últimas semanas, todas aquelas mensagens das reuniões de quarta, de domingo, do discipulado, de sábado (e de terça, e de sexta, e de segunda…risos…), tudo o que eu havia lido na Bíblia e o que Ele havia falado ao meu coração. Tudo veio se encaixando, como um quebra-cabeças gigante, para que eu percebesse onde estava escorregando e o que deveria fazer para consertar antes que desse algum problema.

Esse também é um “efeito colateral” de entregar as coisas para Deus. Se você começa a sair do caminho, Ele logo vem e te puxa de volta, te colocando novamente nos trilhos. Então não tem medo, não tem perigo, não tem problema, não tem risco. Desde que você se mantenha ouvindo a voz de Deus ATENTAMENTE e se comprometa a seguir, a obedecer tudo o que Ele disser, tudo irá bem. Até o que era para dar errado acaba dando certo, porque é promessa. Ele diz que se ouvirmos a voz dEle atentamente e andarmos no caminho que Ele nos orientar, as bênçãos nos alcançariam. Então imagine a bênção correndo atrás de você para te alcançar. Você vai fugir dela? Acho que não, né?

Então por que você dá atenção aos problemas? Porque dar atenção aos aspectos negativos de tudo o que você vê, de tudo o que você ouve, de tudo o que você lê, de tudo o que te acontece? Por que você SEMPRE procura olhar as coisas e as pessoas com olhos maus, buscando ver o que há de errado, qual é o problema, procurando significado negativo oculto em tudo o que as pessoas dizem ou fazem? O Senhor Jesus diz que se seus olhos forem maus, todo o seu corpo andará em trevas. Também diz que se seus olhos forem bons, todo o seu corpo será luminoso. Se você tem andado em trevas, atormentado, torturado, tendo de lutar em sua mente, em seu coração, se tem se arrastado, cansado, exausto, desanimado, deprimido, é porque seus olhos têm sido maus. Seus olhos só são maus se você escolhe manter o hábito de olhar tudo com esses maus olhos. Porque isso é hábito, ninguém nasce com olhos maus. Está em seu poder decidir se vai alimentar um jeito ruim de olhar, uma forma negativa de ver o mundo, as pessoas, a vida ou se vai parar de dar comidinha para os olhos maus e começar a alimentar os bons olhos, ver as pessoas de forma positiva, entender tudo o que você ouve de maneira positiva, sempre buscando ver o lado bom, sempre tendo expectativa de melhora, sempre tendo certeza da vitória, pois sua vida está nas mãos de Deus, ora bolas!!! Ou está ou não está! E nosso Deus não é carrasco! Busque conhecer a quem você serve. Então você saberá como serví-lo.

Só Ele merece a sua atenção. Não há nada maior do que Ele, nem seu problema, nem seu desespero, nem mesmo a sua religiosidade. Nada pode ser maior do que Ele, e se você está com Ele, nada pode ser maior do que você, do que a sua vontade. O que você alimentar é o que vai crescer em sua vida, aquilo que merecer a sua atenção é que terá todo o poder e autoridade, você vai fortalecer aquilo em que colocar a sua atenção, a sua força. Coloque a sua atenção e sua força em Deus e seus problemas ficarão pequenos, suas dificuldades se tornarão minúsculas, pois você conseguirá enxergar sob uma perspectiva bem mais privilegiada e terá clareza para tomar as melhores decisões, pois Ele te apontará o caminho.